Clique aqui para saber as Novidades

Nessa página vou explorar um pouco as peculiaridades do tratamento não medicamentoso da Anemia por Falta de Ferro ou a Deficiência isolada de Ferro, clique abaixo para saber mais:

Melhoram da Absorção de Ferro

Para auxiliar o tratamento da Anemia por Deficiência de Ferro ou Ferropriva, e no tratamento da Ferropenia ou deficiência de ferro sem anemia existem algumas maneiras de aumentar a absorção do ferro durante a digestão, visto que esse elemento tem absorção muito ruim em nosso intestino variando de 10 a 35% do total Ferro ingerido.

Alimentos Ácidos

Oferecer alimentos ácidos ou com vitamina C (suco de laranja, limão ou acerola) próximo as refeições ou o oferecimento de suplementos com ferro aumenta muito a absorção.

O ferro é transformado mais facilmente em uma variante de melhor absorção quando em contato com ácidos durante a sua digestão, principalmente os ferros de origem vegetal que apresentam índices mais baixos como o presente no feijão.

Alimentos de Origem Animal

Devido aos tipos diferentes de Ferro presentes nos Vegetais (não heme) e nos produtos Animais (heme) existe uma grande diferença no coeficiente de absorção do Ferro contido nesses alimentos com variação de até 3 vezes.

Resumidamente, isso quer dizer que 100 gramas de carne e 100 gramas de feijão tem aproximadamente 6-7 mg de ferro, porém a carne terá pelo menos 2 mg de ferro absorvidos enquanto o feijão terá no máximo 1 mg absorvido

Os alimentos mais ricos em ferro são:

  • Carnes: qualquer tipo ou animal e não somente o fígado
    • O caldo de carne, ou caldo de cozimento da carne, apresenta concentrações de ferro maiores que a própria carne (E não estou falando do Caldo Knorr)
  • Ovos
  • Feijão e outras leguminosas como grão de bico ou lentilha
  • Vegetais verdes escuros como brócolis, espinafre e couve

O uso de medicações para prevenção de anemia após os 6 meses de idade é muito importante pois a dose diária oferecida possui mais ferro que um bife grande em apenas algumas gotinhas.

 

Pioram a Absorção de Ferro

Alimentos Ricos em Cálcio

Os alimentos ricos em cálcio são uma das principais causas de anemia na criança, pois muitos pais e familiares consideram que criança tem que beber muito leite e que isso não faz mal nenhum.

O Cálcio presente no leite e em seus derivados é o principal fator de redução na absorção intestinal de Ferro, pois existe uma competição entre ambos e o cálcio é muito mais abundante que o ferro.

Por exemplo, uma mamadeira tem aproximadamente 400 mg de cálcio enquanto um bife médio de 150 gramas tem 10 mg de Ferro. Portanto, NUNCA dar leite próximo de refeições (1 hora antes e depois) e NEM próximo do Sulfato Ferroso. Os outros tipos de suplementos não são afetados pelo leite.

Crianças com mais de 1 ano de vida que tomam mais de 1 litro de leite por dia tem uma anemia difícil de curar e os que tomam mais de 2 litros por dia só melhoram quando o leite for reduzido, independente ou não dos pais tratarem a anemia corretamente.

Alias, isso também inclui o leite materno após os seis meses de idade, apesar dele influenciar menos negativamente a absorção do ferro, mas atrapalha reduzindo a quantidade de alimentos com ferro ingeridos.

Outros Alimentos

Fibras dietéticas, cereais (milho, trigo, aveia), chás, cafés e refrigerantes também reduzem a absorção do ferro, mas como a redução é pequena não existe contra indicação na ingesta desses alimentos em relação a absorção de ferro.

Café e refrigerantes nunca devem ser dados para menores de 2 anos de idade, ou preferencialmente, nunca devem ser dados para nenhuma criança em qualquer idade, pois ambos estão relacionados a HIPERATIVIDADE, junto com os doces.

Saiba mais sobre a relação entre Alimentos e Hiperatividade clicando aqui

Abraços!!

Dr. Christian Helfstein

Médico Pediatra – CRM/SP 119.947

Limeira – São Paulo