banner - Novidades-novo

Os cuidados com o umbigo dos recém nascidos são um dos mitos principais nessa idade. Nos primeiros 15 dias de vida, período normal de queda do umbigo, a maioria dos pais ainda está atordoada com as mudanças na rotina e se adaptando ao estilo do bebê (Clique aqui).

umbilical-cicatrizEssa associação de pais ainda fragilizados e em adaptação, e uma situação que aparentemente gera desconforto à criança, levam muitos pais a negligenciarem involuntariamente os cuidados com o umbigo. E ainda temos o aspecto estético, com o umbigo plano ou para fora, as hérnia umbilicais, cistos… Tudo para estressar os pais, mas calma! Os cuidados são mais fáceis do que imaginam.

Poucas recomendações são necessárias para o cuidado com o umbigo do bebê, e a mais importante de todas é: não tenha medo de mexer, pois não existe inervação no cordão umbilical impedindo a ocorrência de dor à manipulação do mesmo.

Os bebês reclamam e choram de ficar sem roupa, soltos (sem nada aconchegando) e do álcool gelado.

Visualmente o cordão umbilical pode variar desde os mais espessos (que demoram mais a secar) até os mais fininhos, e sua cor de amarelo à esverdeado, mas o cuidado é exatamente o mesmo em ambos os casos.

Quando cai e cicatriza?

  •  Ele cai por volta de 5-15 dias de vida (média de 7-10 dias);umbilical - queda
  • A demora na queda é causado por excesso de umidade naquela região, seja por limpeza pouco frequente ou muito superficiais, pais com dó durante a limpeza e excesso de roupas ou abafamento do umbigo;
  • É comum a ocorrência de sangramento de pequena monta nos primeiros 10 – 15 dias após a queda. O tratamento é manter o uso do álcool;
  • Existe uma doença genética que pode cursar com queda muito demorada do cordão umbilical. É um Defeito na Adesão de Neutrófilos (um tipo de célula de defesa) e gera no futuro infecções de repetição, e nesses casos o cordão umbilical cai com mais de 20 ou 30 dias de vida.

Como limpar?

A limpeza deve ocorrer em todas as trocas de fralda com cotonete úmido com álcool 70%, sem dó e sem piedade, tentando aprofundar o máximo a limpeza do coto e afastando a pele da lateral com os dedos para melhor acessar a base do cordão.

Deve-se limpar com álcool até aproximadamente 1 mês de idade quando a base do coto está completamente seca. Você nunca deve colocar qualquer coisa no umbigo de seu filho, como: moedas, faixas, borra de café e etc.

Por que limpar?

  • Quanto melhor for a limpeza inicial do umbigo, melhor será o cicatrização e o aspecto final;
  • O umbigo é uma porta de entrada escancarada para infecções às partes mais profundas, e pode levar a grave infecção dessa região se não for limpa e cuidada;
  • Existe risco de morte devido a gravidade da onfalite (infecção do umbigo).

Banner novo youtube

Por que ele chora?

  • Não é dor – o cordão não tem inervação portanto é impossível sentir dor nele;
  • Frio pela retirada da roupa;
  • Frio pelo contato com o álcool;
  • Irritação pela manipulação;
  • Irritação por estar “solto” (bebês recém nascidos gostam de estar aconchegadas com braços e pernas encolhidos sobre o tronco, como estavam na barriga da mãe).

Quais os riscos?

Infecção do Umbigoonfalite

  • Vermelhidão;
  • Saída de pus;
  • Cheiro Ruim;
  • Inchaço no local.

Nesses casos sempre levar ao Médico, pois a infecção é grave, sendo obrigatória a internação para introdução de medicação endovenosa.

Estufado ou Abaulado

  • Provavelmente é apenas parte do processo de cicatrização com uma protuberância causada pela parte interna do cordão que ainda está secando, com resolução espontânea.  Nesse caso, não existe variação no tamanho dela durante o dia e principalmente no choro.
  • Existem também os cistos de cordão umbilical, que são pequenas bolinhas que surgem após a queda do cordão. Eles são durinhos, geralmente com aspecto úmido ou brilhante e pode apresentar sangramento associado. O tratamento é o mesmo do sangramento após a queda (álcool 70% ou nitrato de prata).
  • Diástese de Reto: fragilidade temporária na musculatura do abdome (tanquinho).
  • Hérnia Umbilical: abaulamento maior, parecendo uma bexiga que incha e desincha.

Saída de Água ou Líquido Transparente do Umbigo

Pode ocorrer em qualquer idade a chamada Persistência do Úraco ou o não fechamento e formação e cordão fibroso ligando a bexiga ao umbigo. Nesse caso, existe uma conexão da bexiga com o umbigo e a saída de urina (xixi) pelo umbigo da criança.

O tratamento, nesses casos, é sempre cirúrgico. Apesar de eu já ter tido casos onde ocorreu fechamento apenas com o uso de álcool a 70% por muitos meses, mas eram pacientes com mais de 2 anos com quadros intermitentes.

Sangramento

O sangramento em pequena quantidade do umbigo é completamento normal e auto-limitado no primeiro mês de vida, por isso, é importante manter a limpeza com álcool 70% mesmo após a queda do coto.

Ocorre com mais frequência nos casos de cordão umbilical muito espesso (grosso), limpeza pouco frequente ou que não chegava a base do cordão umbilical, cistos de umbilicais, além da manutenção de umidade no local ou traumas frequentes pela fralda.

Tratamento nos casos leves é apenas com limpeza com álcool a 70%, porém em casos mais importantes, pode ser necessário a cauterização com nitrato de prata por um médico ou enfermeiro.

Retardo no Clampeamento ou Corte do Cordão

Atualmente, existe uma recomendação de que o obstetra aguarde até 3 minutos quando o cordão umbilical para de pulsar, só então efetue o clampeamento e corte do cordão umbilical. Essa técnica aumenta a reserva sanguínea e de ferro do bebê.umbigo - clampeamento

Essa reserva extra será especialmente importante para os prematuros, bebês pequenos para a idade gestacional e filhos de mães com doenças graves (ou sofrimento fetal prolongado) que não puderam, por algum motivo, obter todas as reservas nutricionais de sua mãe antes de seu nascimento.

Dr. Christian Helfstein

CRM/SP 119.947

banner novo - telemedicina

Textos Relacionados

novidadeshidroceleHérnia InguinalHérnia Umbilical!

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s