banner - Novidades-novo
Se fizermos uma pesquisa na saída de algum Pronto Socorro ou Pronto Atendimento de Pediatria provavelmente uma das três doenças mais frequentemente diagnosticadas será a Pneumonia. As outra serão a Gripe e a Viroses com vômitos e diarréia.

Logicamente, a Pneumonia não ocorre com tanta frequência assim, a taxa de incidência varia de 9 a 30 a cada 10.000 crianças ao ano. Ou seja, de cada 10.000 crianças, apenas 9 a 30 terão pneumonia a cada ano.

Numa cidade de 100.000 habitantes aproximadamente 12.000 habitantes terão menos de 14 anos segundo o censo de 2010, portanto essa cidade deve apresentar 12 a 36 casos de Pneumonia ao ano … Isso ocorre em menos de 1 dia em qualquer Pronto Socorro.tosse bebe e criança

Tudo isso é para deixar claro que a maioria absoluta das pneumonias diagnosticadas no Brasil não são pneumonias, mas apenas Gripe, Rinite Alérgica, Crises de Asma ou Bronquite, Bronquiolites e entre outras doenças que causam tosse na criança.

Esses sãs os Famosos “Começo de Pneumonia”

Eu mesmo faço pouquíssimos diagnósticos de pneumonia, acho que uns 2 a 3 por mês apesar de atender atualmente mais de 500 pacientes ao mês.

Abaixo mostro demonstrações de RX de Pulmão normais

Crianças devem sempre realizar o Rx em duas posições, uma de frente e outra de lado!!

Observem esses dois exames normais, a direita um Rx normal e sem nenhuma suspeita, enquanto na figura de baixo, a parte superior do pulmão apresenta uma imagem que não vai até a beirada do pulmão, não respeitando os lobos pulmonares mostrados na figura colorida a esquerda superior (cor vermelha).

Podemos dividir a Pneumonia em 2 grupos:

  1. Pneumonias Virais: mais comuns causadores com 45% do total de casos e predomínio entre os 2 a 4 anos
  2. Pneumonias Bacterianas: mais graves e necessitam de antibióticos para seu tratamento

A pneumonia é a segunda causa de morte em crianças no mundo perdendo apenas para as diarréias.

Pneumonias Virais

São causadas pelos vírus da gripe e do resfriado levando a inflamação no pulmão e sintomas como febre baixa, tosse, falta de ar e chiado no peito.

Seu principal sinal de alerta é a Falta de Ar já que não tem tratamento específico fora do período de sazonalidade (abril a julho), veja aqui como tratar nesse período

Principal causa de pneumonia e ocorre principalmente entre os 2 a 4 anos de idade, á que a Bronquiolite é a causa mais comum de quadros pulmonares em menores de 1 a 2 anos.

Geralmente tem inicio súbito com um quadro gripal com tosse, coriza e obstrução nasal, evoluindo com piora da tosse, chiado no peito e falta de ar.

A realização de vacinas para Influenza reduz a ocorrência desse tipo de pneumonia.

O tratamento é de suporte com medicações para febre, higiene nasal e inalação muitas vezes com berotec.

Pneumonia Bacteriana

A forma mais grave de pneumonia sendo causada inúmeras bactérias, porém a sua ocorrência diminuiu bastante depois do advento da vacinação com Streptococcus pneumoniae e Haemophilus influenza, ambas realizadas no Brasil na rede pública e particular.

Seus sintomas são mais importantes com febre mais alta e persistente, tosse e principalmente apatia ou sonolência excessiva. A criança, como em toda doença bacteriana, fica toxemiada ou seja apresenta mesmo sem febre apatia, sonolência, palidez, dificuldade respiratória entre outros sintomas.

Podem ocorrer complicações como formação de Abcessos pulmonares, derrames ou empiemas pleurais quando líquidos ou pus se localizam entre o pulmão e a caixa torácica e infecção generalizada.

Nos menores de 5 anos, o S. pneumoniae é o principal causador. Essa a Pneumonia que todos conhecem e temem. Forma a clássica mancha branca no pulmão, veja nas figuras abaixo. Observe a mancha branca e principalmente nas figuras maiores, observe que a pneumonia só é bem vista de lado pois se encontra atras do coração.

Enquanto nos maiores o Mycoplasma pneumoniae e a Chlamydia pneumoniae são os principais agentes e normalmente é conhecida como pneumonia atípica. Essa apresenta uma imagem mais difusa como uma arvore e seus ramos, sendo geralmente bilateral.

Seu tratamento é com antibióticos, principalmente amoxicilina para os menores de 5 anos e azitromicina para os maiores de 5 anos.

A internação e a mortalidade são raras e o principal fator de gravidade, além do agente causador, é a falta de ar ou dispnéia, saiba mais clicando aqui.

Infectividade e Transmissão

Independente do tipo de pneumonia, a transmissão ocorre de pessoa a pessoa através de gotículas ou contato direto com secreção, mãos ou objetos contaminados com as mesmas, ou seja, a transmissão só ocorre em contato próximo, menos de 1 metro de distância.

Lavar a mão e evitar tocar em objetos ou tossir na própria mão são os principais mecanismos de redução da transmissão.

Os vírus e as bactérias podem sobreviver em objetos por até 48 hs dependendo das condições do ambiente.

Limpeza com álcool ajuda bastante!!!

Tratamento

Descrevi o tratamento de cada tipo de pneumonia acima na descrição de cada um dos tipos.3e651166-ed1c-4593-9c4f-785863f80c47

Só lembrando que os antibióticos só fazem efeito após 48 a 72 hs do inicio do uso oral, portanto qualquer melhora antes desse período não está relacionada ao uso do antibiótico e portanto seu uso pode ser descontinuado após avaliação por um médico experiente. Clique na figura para saber mais

Recorrência

A recorrência é rara e necessita do diagnóstico de certeza por imagem associado a Rx normal entre cada uma das supostas pneumonias da seguinte maneira:

  • 2 pneumonias em 1 ano
  • 3 pneumonias na vida

Na maioria dos casos, os pacientes com inúmeras pneumonias tem na realidade alguma doença com chiado seja Bronquiolite, Lactente chiador ou Chiador Transitório ou Asma/Bronquite.

Resumindo, se seu filho já teve mais de uma pneumonia, vale a pena você procurar um bom pediatra para investigar qual o motivo desse quadro recorrente, se é que ele existe.
asmalactente chiadorriniteImunidade Baixa?Bronquiolite ou Chiado no Peito do Bebê

kit médicoFrio Causa Doenças como Gripe ou Influenza

otite

 Quando Suspeitar

Sempre que a criança apresentar um dos sintomas abaixo:

  • Febre sem melhora ou espaçamento da mesma + tosse por mais de 4 dias
  • Febre + tosse + dor no tórax ou ao respirar ou tossir
  • Febre + tosse + dor abdominal
  • Febre + tosse + apatia ou sonolência quando sem febre
  • Febre + tosse + palidez ou pele roxa
  • Febre + tosse + falta de ar ou respiração rápida quando sem febre (veja a pagina ou o video aqui)

Abraços

Dr. Christian Helfstein

Médico Pediatra – CRM/SP 119.947

Limeira – São Paulo

banner novo - telemedicina

7 comentários sobre “Pneumonia

  1. Boa noite Dr.
    Fiz um raio x no meu bebê, apresentou “consolidação parênquimatosa no terço médio do pulmão direito”
    Este achado radiológico indica pneumonia? Existe algum diagnóstico diferencial para este achado?
    Apresentou tbm sinusite e hipertrofia das adenóides. Acredito que tudo junto tenha contribuído para o esforço respiratório.
    Estava apresentando desconforto respiratório com tiragem leve quando dormia e tosse, um episódio de febre.
    Teve diagnóstico de bronquiolite há 20 dias. E continuou sem melhora, por isso fizemos o raio x.
    Ele tem 1 ano e 1 mês, e já venho tirando minhas dúvidas por aqui com o senhor há mais ou menos um mês.
    Muito obrigada pela atenção.

    Curtir

  2. Bom dia
    Fique tranquila que seu bebê não teve pneumonia e muito menos de um pulmão inteiro pq teria morrido se não fosse internada.
    Crianças menores de 3 meses sempre são internadas se falta de ar, doença bacteriana e principalmente um na pneumonia tão grande.
    De uma olhada no pediatriavirtual.com/imunidade que verá quais doença são mais comuns na criança e ficará mais tranquila.
    Pneumonia é muito rara.
    Predsin e Berotec também não são prescritos em pneumonias
    Essa será apenas uma de muitas gripes e afins que seu filho terá
    Abraço

    Curtir

  3. Minha filha antes de completar 2meses apresentou tosse, nariz entupido, levei ao plantão e foi diagnosticada como gripe, no segundo dia apresentava cansaço, respiração rápida, as costelas afundavam, febre baixa menor de 38°c levei ao plantão novamente fizeram teste de saturação estava 99 e me mandaram para casa novamente! Acordei no terceiro dia e ela estava do mesmo jeito, um pouco pior engasgava com a secreção que soltava ao tossir. Até estão estava tomando carbocisteina e ibuprofeno se febre. Paguei uma consulta nesse mesmo terceiro dia, e deu pneumonia, segundo médico pulmão direito todo comprometido. Foi medicada com 8 injeções de antibiótico 500mg , Predsim, muculict, inalação Berotec + Atrovent. Ficou muito ruinzinha, pensei que fosse perde-la. Foi melhorando e logo se curou. Agora com 4 meses está com nariz ruim novamente, tussindo, com catarro, medo disso tudo voltar. Eu temo a pneumonia!!! Principalmente em bebês é muito difícil

    Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s