Hoje em dia cada dia mais vemos adultos com problemas relacionados a Depressão alcançando até 10% em algumas populações. Nas crianças acima de 6 anos de idade, a taxa de depressão é de 1% e no adolescentes é de quase 20%. Ou seja, o que estamos fazendo com nossas crianças que leva 1 em cada 5 a apresentarem quadros depressivos na Adolescência?

A Resposta mais simples seria que a Depressão é uma doença genética e que nada temos a fazer … mas será que isso é verdade? Devemos apenas aceitar as coisas como imutáveis?

Nessas horas você pode se perguntar como evitar que isso ocorra com seu filho no futuro!!

Basicamente devemos criar uma autoestima forte em nossos filhos para que possam viver e sobreviver aos problemas e obstáculos da vida sem se deixar levar pela tristeza, melancolia ou falta de perspectiva!!!

Falar parece fácil … só elogiar, inflar o ego e pronto => temos um adulto cheio de confiança ??? Xiii, quem quer soluções mágicas, pode parar de ler agora mesmo!!!

Para começar, vamos descobrir se até agora você ajudou ou atrapalhou a Autoestima de seu filho:

  • Autoestima Boa
    • Sente-se Amado
    • Confiante em si e em suas capacidades
    • Acredita em si mesmo
    • Tem orgulho de suas realizações
    • Não tem medo de tentar, arriscar e errar
  • Autoestima Ruim
    • Tem muita auto crítica
    • Não se acha muito bom, mesmo sendo.
    • Se apega mais aos erros e falhas que as vitórias ou realizações
    • Tem medo ou não quer tentar novidades ou de se arriscar
    • Tudo quer ajuda ou a presença dos Pais, antes mesmo de tentar

Qual a Importância da Autoestima?

A Autoestima está relacionada a:

  • Tentar e tentar e tentar de novo mesmo falhando
  • Buscar fazer sempre o seu melhor
  • Não desistir com facilidade
  • Se arriscar e buscar o novo
  • Não deixar o Medo decidir suas ações. Tomar as rédias da vida e tomar as decisões baseadas no querer e não no medo!

Agora, Vamos Impulsionar a Autoestima de seu Filho?

Todo mundo quer que o filho seja melhor e mais feliz do que somos, então seguem as dicas do que fazer pra impulsionar a autoestima de seu filho durante a infância … mas eu deixo você usar um pouquinho também se você está se sentindo meio pra baixo heheh  … Eu admito que preciso com certa frequência me lembrar que não sou uma Bosta de pessoa!!!! hehehe Mas tô aqui escrevendo e dando a cara pra bater!!! hehehe

  1. Ajude mas não faça por ele
    • dê um tempo pra ele tentar amarrar o sapato, comer, por a calça, fazer a lição ou mesmo dar um safanão e encarar o valentão da escola.
    • dê o suporte e incentivo, mas não faça por ele
    • deixe claro que você está ali pra ajudar, mas apenas se necessário
  2. Espere, Espere e Espere
    • você vai se surpreender como seu filho vai aprender a dormir sozinho, pedir informações, fazer lição ou seja, literalmente se virar se você apenas observar um pouco mais.
    • Não há orgulho melhor pra você ou seu filho quando ele completa um tarefa inteiramente sozinho …
    • As vezes, isso é doloroso com muita birra, choro, estresses e afins mas faz parte lidar com as realizações e as frustações
    • Ele quer tentar colocar água no copo, deixe e depois ensine ele a limpar a própria sujeira, se ela ocorrer.
  3. Elogie de Verdade
    • crianças não são burras e sabem quando estão mentindo pra elas
    • não adianta dizer que seu filho arrasou no futebol se ele nem conseguiu encostar na bola e foi o pior em campo … diga apenas “hoje o jogo não foi bom, mas você deu seu melhor e vamos treinar para ficar melhor ainda”
    • elogie indiretamente como ao conversar com amigos ou em um momento em que a criança não esta sozinha com você e sem direcionar o elogio a ela, fale como se você tivesse orgulho de seu filho
  4. Dê um bom exemplo
    • seja persistente
    • não seja reclamão ou cheio de mimimis
    • ponha a mão na massa, limpe e arrume alegremente, isso vai mostrar que as tarefas podem ser feitas com alegria … Tudo é questão de opção!!!
  5. Deixe ele fazer escolhas condizentes com a idade
    • deixe seu bebê tocar a comida ou engatinhar quando quiser
    • deixe seu filho de mais de 3 anos tentar colocar o sapato ou roupa que quiser
    • não imponha brincadeiras
    • deixe ele livre pra fazer suas escolhas com segurança e desde que compatíveis com a idade
    • uma criança não deve decidir o que come, quando dorme e se vai ou não obedecer aos pais e pessoas mais velhas
  6. Incentive a Perseguir suas Metas
    • ajude seu filho a acreditar que ele pode conseguir se tentar
    • ajude ele a criar metas e objetivos que sejam desafiadores
    • Por exemplo: eu sou de São Paulo e estudei em colégios públicos a minha vida toda desde a pré escola até a faculdade … sempre quis fazer faculdade pública e morar no interior, o que significava longe de toda a minha família. Sempre soube que teria que estudar muito e sair de casa cedo para realizar esses sonhos que não eram fáceis … Consegui ambos e meus pais nunca me disseram que eram difíceis ou mesmo impossíveis, mesmo quando prestei Medicina. Aliás, passei nas três melhores Universidades do Estado e pude escolher.
  7. Deixe ele Falhar e se Machucar
    • Talvez a mais dura das tarefas para os Pais … deixar seu filho sofrer!!
    • Como tudo na vida, falhar, sofrer, se machucar e levantar a cabeça e continuar são aprendizados importantes.
    • Desde o inicio do andar, a criança cai e podemos ensinar a levantar porque vale a pena se arriscar mesmo que as vezes isso nos machuque, ou que devemos ficar no chão chorando e reclamando.
    • Devemos ensinar que as quedas fazem parte da vida e que o único jeito de aprender é tentando e tentando até conseguir
  8. Deixe claro que vai amar ele de qualquer jeito

Vamos Resumir?

A Associação Canadense de Saúde Mental fez essa lista:

  1. Se sentir Especial
    • se sentir único com seus talentos e fragilidades, mas sem se achar superior a ninguém
  2. Ter Metas e Objetivos
    • Seja acertar um chute, andar de bicicleta sem rodinhas ou apenas desenhar alguma coisa, mas sempre precisamos ter objetivos, um motivo para sairmos da cama todos os dias
    • devemos dar oportunidades para nossos filhos alcançarem o seu sucesso ou objetivo
    • ensinar a ter orgulho de suas realizações
  3. Tentar, tentar e tentar
    • deixar o filho tentar fazer as coisas de seu jeito, mesmo sendo errado pra gente, correr risco e enfrentar desafios.

Vamos criar pequenos super heróis, não como o Superman, perfeito pois ele não será nunca, mas como Batman, cheio de falhas, cicatrizes, sem superpoderes mas que ainda tem coragem de enfrentar diariamente os desafios afim de alcançar seus objetivos!!!

Vamos ajudar eles a serem felizes consigo mesmos!!!

Abraços

Dr. Christian Helfstein – Pediatra

CRM 119.947 – Limeira/SP

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s