Clique aqui para saber as Novidades

O Brasil tem sofrido nos últimos anos uma série de epidemias nas mais variadas cidades de Dengue e agora, para ajudar um pouco mais a população, duas novas doenças estão surgindo: Febre Chikungunya e a Infecção pelo Zika Vírus.

Todos esses vírus são aparentados e tem como origem o continente africano, assim como o mosquito Aedes Aegypti. Tanto o vírus Zika como o Chikungunya foram descobertos em 1952 na Africa e o vírus da Dengue é conhecido desde o século 19, porém as grandes epidemias começaram no século 20.

Lembrando que a existência de epidemias desses vírus está relacionada aos nosso “maus” hábitos e a incapacidade dos Governantes de ter um plano que dure mais do que uma epidemia ou eleição.

Por se tratarem de vírus aparentados, todos eles apresentam características semelhantes:

  • Vetor: Aedes sp. No Brasil, a espécie é o Aedes Aegypti
  • Ciclos de Vida: todos dependem de um ciclo no ser humano, seguido de um ciclo no mosquito após picar um indivíduo doente.
  • Sintomas: febre, dor no corpo, dor de cabeça, mal estar e manchas no corpo.
  • Tratamento: repouso, analgésicos, antitérmicos, hidratação e evitar aspirina ou AAS.

Tabela Comparativa dos Sintomas

Sinais e Sintomas Dengue Chikungunya Zika
Febre Alta e Frequente Moderada Moderada
Manchas no Corpo Planas e comum – qualquer fase Planas e comum (2-5 dias) Sempre e com bolinhas (pápulas)
Dor Muscular e Articular Leve – Moderada Forte Leve
Edemas nas Mãos e Pés Ausente Ausente Comum
Olho Vermelho Ausente Ausente Comum
Aumento do Fígado Ausente Frequente Ausente
Leucopenia e Plaquetopenia (plaquetas e leuco/linfócitos baixos) Frequente Frequente Ausente
Sangramentos e Hipotensão Podem ocorrer Ausente Ausente
Duração dos Sintomas 5-7 dias 10 dias 3-7 dias
Todos tem Sintomas Quase todos 70% 20%
Avaliação de Gravidade Dor Abdominal, sangramento e tontura Febre e dor mais prolongadas Microcefalia durante a gravidez
Diagnóstico (em dias de doença) Sorologia após 6 dias e Teste Rápido entre 1-5 dias Sorologia após 1 dia e PCR entre 1 – 8 dias Não tem comercialmente disponível ainda

As características mais importantes de cada vírus estão em vermelho.

Resumindo …

Dengue

Doença com maior potencial de mortalidade e gravidade, única com risco de hemorragia (Febre Hemorrágica da Dengue – FHD) e distúrbios na circulação do sangue (Síndrome do Choque da Dengue).

Sua principal característica é o mal estar geral causado durante e após a doença.

Chikungunya

Essa doença não apresenta gravidade ou risco de morte ao infectado, porém é a que mais comumente apresenta sintomas prolongados por mais de 3 meses, caracterizados por dor articular importante.

Zika

A doença causado pelo Zika vírus é teoricamente a mais indolente ou fraca das três doenças, tanto que apenas 1 em cada 5 doentes apresentam sintomas relevantes e são diagnosticados.

O grande problema é que as principais complicações da Zika que são a Microcefalia e a Síndrome de Guillain Barre (doença nos nervos com paralisia) aumentam muito já que as pessoas nem sabem que estão doentes e com isso, aumenta o contingente de pessoas expostas transmitindo o vírus para mosquitos não infectados que posteriormente contaminação um grande número de pessoas.

Fatores de Risco

Na presença de febre alta (>39ºC), dor no corpo ou articular, manchas vermelhas ou inchaço nas mãos e pés, um médico deve sempre ser consultado para avaliação da gravidade. A procura deve ser mais precoce na presença de sangramentos, tonturas e dor abdominal importante.

Os principais grupos de risco são grávidas, idosos, menores de 2 anos e portadores de doenças crônicas no rins, coração, pulmão e etc.

Tratamento

Simples, muito simples:

  • Analgésicos e Antitérmicos como dipirona e paracetamol
  • Hidratação: beber aproximadamente 60 ml/quilo de peso/dia. Exemplo: crianças de 10 quilos deve ingerir >600 ml de líquidos extras por dia.
  • Evitar anti-inflamatórios como o AAS, Aspirina, Ibuprofeno, Diclofenaco, Nimesulide e etc
  • Ficar quieto em casa (evitar ser picado e transmitir para mais mosquitos)
  • Família e vizinhos devem redobrar o uso de repelentes e os cuidados preventivos

tratamento

Dr. Christian Helfstein

CRM/SP 119.947

Textos Relacionados

novidadesRepelentesSem Picadas

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s