Clique aqui para saber as Novidades
Apesar de toda a fama de mal, não é apenas o mosquito Aedes Aegypti com a Dengue, Chikungunya, Zika e Febre Amarela que transmite doenças, temos ainda o Culex sp (mosquito comum) que transmite a Filariose e alguns tipos de Encefalite, o Anopheles que transmite a Malária, Phebotomus que transmite a Leishmaniose e entre outros.

aedes
Aedes Aegypti

A grande diferença entre todos esses e Aedes é que ele está na porta de nossas casas, ou melhor, dentro delas transmitindo doenças. E temos que lembrar que o mosquito transmite a doença para nós, mas as pessoas infectadas também transmitem as doenças para o mosquito e isso ajuda o Vírus a se espalhar.

Existe a transmissão da fêmea adulta infectada pelos vírus para seus filhotes porém na maioria dos casos, o mosquito precisa picar um adulto na primeira semana de doença para também ser infectado e assim passar a transmitir o vírus para outras pessoas sadias.

Resumindo, precisamos da interação entre homem doente-Aedes-homem para que a doença se propague.

As fêmeas são os agentes transmissores das doenças pois apenas elas tem a capacidade de picar o ser humano, ou seja, para que possam se reproduzir, os Aedes fêmeas precisam de sangue humano. Elas vivem por volta de 1 mês e podem produzir entre 500 à 1500 ovos.

A capacidade de resistência desses ovos é o fator de manutenção da existência da espécie durante os períodos secos do ano, já que o ovo precisa de água limpa e parada para virar larva e finalmente um mosquito adulto. Eles podem viver até 1,5 anos em locais secos e eclodir e se tornar um mosquito se o local voltar a apresentar água em 2 ou 3 dias.

Além da longevidade, os ovos do Aedes ainda são difíceis de identificar a olho nú, parecendo uns grãos de terra ou areia, sendo necessária a sua remoção com algum tipo de bucha para evitar o desenvolvimento de mosquitos adultos.

aedes- 2
Aedes Aegypti

A diferença entre os Culex (mosquito comum) e o Aedes são:

1 – Aedes: criadouro em água limpa, mas não precisa ser potável, pica de dia e de noite, apesar de preferir os períodos da manhã e tarde, pica mais as extremidades como os pés, geralmente não voa grandes distâncias e tem preferência por ambientes fechados. Ele é Preto com manchinas brancas na pata e abdome.

culex
Culex sp

2 – Culex (mosquito comum): criadouro em água suja, pica preferencialmente à noite, gosta do rosto para picar e pica tanto dentro como fora de casa. Ele é Marrom e adora infernizar o nosso sono com seu zumbido na orelha.

Lembrando que os mosquitos além de transmitirem doenças ainda podem causar incômodos com as picadas, principalmente nas crianças menores de 6 anos de idade que apresentam mais reação às picadas.

Essas reações são melhores tratadas com pomadas contendo corticóides, como dexametasona ou hidrocortisona, lembrando que essas pomadas não evitam a Dengue ou qualquer outra doença transmitida por esses insetos.

Para evitar as picadas podemos utilizar os Repelentes ou então, as medidas “naturais” para reduzir as chances de sermos picados. Exitem diferenças na eficácia de cada um desses métodos de pessoa para pessoa e da capacidade de atrair o mosquito dependendo da secreção de certas substâncias em nossa pele (suor, ácido lático, gás carbônico).

Lembre-se de fazer a sua parte e cobre de vizinhos e dos governantes que também façam a deles para reduzir a proliferação dos mosquito.

Resumo Prático ou Evitando Ser Picado

1 – Ele vive somente 30 dias e é preguiçoso – tem que constantemente se reproduzindo! É só evitar a presença de água limpa parada próximo a sua casa pois raramente voa mais de 200 metros para picar e se reproduzir.

2 – Não gosta de frio e não voa ou pica em temperaturas menores de 22 graus e gosta de temperaturas entre 25 -35 graus, ou seja, ar condicionado ajuda muito.

3 – Pica mais pela manhã e tarde, e dentro de casa, porém pode picar o dia todo e em qualquer lugar.

4 – Repelentes: todos os químicos (Off, Repelex, Exposis, Johnson e etc) são eficazes, porém a duração do efeito é variável. (clique aqui).

5 – Soluções caseiras pouco funcionam desde velas, óleos, unguentos, citronela, andiroba, Vitamina B, sulfato ferroso ou qualquer outro medicamento.

6 – Gostam de roupas coloridas e são repelidos pelas roupas claras e lisas.

7 – Não adianta apenas matar os mosquitos adultos, seja qual for o método, pois suponhamos que de 500 mosquitos no bairro, os moradores matarem 495. Os 5 restantes terão, pelo menos, 2500 filhotes.

Dr. Christian Helfstein

CRM/SP 119.947

Textos Relacionados

novidadesRepelentesSem Picadas

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s