banner - Novidades-novo

É só algum bebê vomitar que todos dizem que ele está com refluxo e precisa de tratamento, principalmente se associado a esse episódio de regurgitação ocorreu saída de leite em grande quantidade pelo nariz, engasgos ou “quase morte” para os pais.

Será que é verdade?

Bom, a maioria das crianças regurgita um pouco de leite diariamente porque o Sistema Digestório do Bebê ainda está em desenvolvimento, e apresenta algumas características que dificultam o trânsito dos alimentos:

O retorno de leite no bebê é tão comum que uma parcela grande deles apresenta realmente Refluxo Gastroesofágico (RGE), que faz parte do desenvolvimento. Apenas uma parcela pequena dessas crianças apresenta a Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE), onde a regurgitação frequente está levando a consequências deletérias para a criança como a Esofagite.

Se é tão comum porque todos ficam preocupados?

Ocorreu um “Boom!” de diagnósticos de DRGE nos anos 2000, levando as pessoas a acharem que ele é muito mais comum do que realmente é. Essa “bomba” foi causado por interpretações errôneas  sobre associações entre DRGE, existindo também inúmeras doenças comum nas crianças, como infecções de ouvido, chiado no peito, pneumonias, asma entre outros.

A ocorrência de regurgitações (RGE) e as cólicas do lactente são as principais causas que tiram o sono de muitos pais, levando a inúmeras visitas ao pediatra e aos Especialista (Gastropediatras) e muitas vezes, submetendo seu filho a exames e tratamentos desnecessários.

Hoje, o consenso é que DRGE deve ser diagnosticado de forma criteriosa, e a maioria dos exames solicitados NÃO FAZ diagnóstico de DRGE:

  • Rx EED (Esôfago-estômago-duodenograma): diagnostica apenas malformações como Hérnias;
  • Phmetria: identifica apenas refluxos ácidos que não são a maioria dos casos;
  • Cintilografia de aspiração pulmonar: indica aspiração e não necessariamente estar relacionado DRGE, asma, pneumonias…
  • Impedanciometria: associado a manometria, representa qualquer refluxo, seja ácido ou básico, e avalia o tônus de fechamento da válvula esofágico e descoordenações na motilidade dos músculos do esôfago. Considerado o exame padrão para o diagnóstico;
  • Endoscopia Digestiva Alta (EDA): também consegue identificar a existência de DRGE e é necessária para o diagnóstico das complicações.

 

Agora ficou fácil!

É só pedir qualquer desses exames ao pediatra e tudo resolvido! Mas calma, muita calma. A Impedanciometria e a EDA são exames invasivos, incômodos e prolongados de serem feito, por isso, não são indicados apenas para satisfazer uma curiosidade dos pais ou do pediatra, mas apenas em casos específicos, onde o benefício do exame é maior que os possíveis malefícios (Príncipio do Primum Non Nocere).

A maioria dos bebês que regurgitam apresentam o chamado RGE fisiológico ou regurgitadores felizes, cujo quadro não leva a nenhuma consequência, seja desconforto, irritação ou perda de peso, sendo completamente benigno e passageiro. Exceto pela regurgitações frequentes, essas crianças aparentam ser extramente saudáveis com ganho de peso geralmente duas vezes maior que o valor mínimo para a idade.

A totalidade dessas crianças não apresentam vômitos, em situações usuais após os 12 meses de vida, sendo que a maioria melhora a partir dos 04 meses com o espaçamento natural das mamadas, a ausência de mamadas durante a madrugada e cura ocorre após os 06 meses, com a criança aprendendo a sentar e introdução da dieta sólida e consequente redução no número de mamadas.

Em relação as crianças com o diagnóstico de DRGE, o pico de incidência ocorre aos 04 meses de vida, e aproximadamente 90% dessas crianças estão curadas e sem uso de medicação aos 12 meses de vida.

Causas

 

  • Pequena Capacidade do Estômago

A Capacidade Gástrica (CG) da criança é muito menor do que imaginamos. No recém-nascido, ela corresponde a 5 ml ou uma colher de sobremesa, motivo pelo qual os bebês mamam tantas vezes nos primeiros dias de vida, aumentando no 3º dia para 25 ml e no 10º dia, para 60 ml, ou uma xícara pequena de café. Apenas após um mês de vida que a CG se aproxima do valor adulto de 30 ml por quilo do peso.

  • Retardo no Esvaziamento do Estômago

Diferente do adulto que esvazia seu estômago para líquidos em 20 minutos, os nenéns apresentam retardo no esvaziamento gástrico, sendo dependente do tipo de leite que mais utiliza. Após uma mamada com Leite Materno, o estômago da criança estará completamente vazio de 40 a 60 minutos, enquanto nos Leites Modificados, o esvaziamento pode demorar de 1 hora a 1 hora e meia, e no Leite de Vaca Puro, esse tempo é ainda mais prolongado pelo seu elevado teor de Caseína. A criança atinge valores dos adultos entre 6 e 8 meses.

  • Válvula Antirrefluxo Imatura

O Diafragma e a junção esofagogástrica formam a falsa válvula antirrefluxo, que nas crianças ainda é imatura, com baixo tônus, relaxamentos equivocados e descoordenação da musculatura do esôfago durante a deglutição.

  • Pouca Acidez Gástrica

A reduzida capacidade de secreção de ácidos para acelerar a digestão é uma das causas do retardamento no esvaziamento gástrico.

  • Dieta Líquida

Claramente que os líquidos são muito mais fáceis de serem movimentados com a mudança de posição do corpo e de pressão abdominal, como ocorre ao colocarmos a criança sentada antes dos 6 meses sem apoiar as costas ou durante a evacuação, choro ou tosse.

  • Dieta Excessiva ou Criança Gulosa

Alguns pais acham que todo choro é fome, sendo assim, algumas crianças tem uma tendência a mamar mais do que a média. Geralmente essas crianças ganham mais de 1250/1500 gramas por mês.

  • Fica Bastante Deitado ou Pouco Tempo para Arrotar

Devido a todas as explicações acima está claro que, a criança necessita permanecer inclinada entre as mamadas, inclusive para dormir. E logo após mamar, deve permanecer na posição vertical por uns 15 minutos, independente de ter arrotado em 30 segundos ou não.

Banner novo youtube

Diagnóstico

Criança com regurgitações/vômitos associado a sintomas de Esofagite:

  • Frequência elevada ou eventos graves, como engasgos com necessidade de ressuscitação ou aspirações pulmonares;
  • Irritabilidade importante;
  • Recusa alimentar;
  • Perda de peso ou engordamento insuficiente;
  • Impedanciometria ou EDA alterados.

Quadros levemente moderados, que são a maioria absoluta, podem ser tratados – na minha opinião – sem a realização de qualquer exame.

Tratamento

>Mudanças nos Hábitos e Rotinas:

Avaliar se a rotina alimentar está correta, e manter “Tempo do Arroto” adequado.

>Medidas Posturais

A manutenção da posição inclinada está relacionada a uma redução dos episódios de choro. A posição que mais reduz a ocorrência de regurgitações é de barriga para baixo e com o tronco e a cabeça inclinados para cima. Esta posição deve ser mantida apenas nos momentos em que a criança está acordada e vigiada, pelo risco aumentado da ocorrência de morte súbita durante o sono nessa posição.

>Leites Engrossados ou Antirrefluxo

Existem evidências que a utilização dos ditos Leites AR ou Antirrefluxo reduzem a irritabilidade, o números de episódios visíveis de refluxo, mas não gera proteção contra a Esofagite.

>Teste de Alergia Alimentar

A alergia ao leite de vaca ou ao de soja são os tipos mais comuns de alergia alimentar nas crianças, por isso, um teste com leites especiais para alérgicos é indicado nos casos mais refratários ao tratamento medicamentoso.

>Medicamentos

A utilização de medicamentos é o principal tratamento para a DRGE. Os chamados Procinéticos, como plasil, metoclopramida, digesan, bromoprida, domperidona ou motiliun não são mais indicados em nenhum caso, pois podem causar cólicas, irritabilidade, diarréia ou outras alterações neurológicas e gastrointestinais.
O tratamento efetivo ocorre com medicações que reduzem a secreção de ácido pelo estômago, sendo o principal causador das complicações. Essas medicações são a ranitidina ou label, indicado para quadros leves a moderados, e o omeprazol ou losec mups, que é considerado o tratamento padrão.

>Cirurgia

Devido a existência de medicações com altíssima taxa de cura e controle, as cirurgias ficaram relegadas a um papel secundário, sendo indicadas geralmente nos casos de pacientes com doenças neurológicas.

Complicações

São todas relacionadas ao refluxo ácido e ocorrem em séries, na sequência que apresento aqui:

  • Esofagite: pode ser dos graus mais leves até o aparecimento de úlceras ou feridas. É a grande causadora das dores nas crianças;
  • Esôfago de Barret: alteração nas células secundário a inflamação prolongada;
  • Estenose: após cicatrização das feridas ou inflamação grave;
  • Cáries: ocorre principalmente na face lingual dos dentes e, geralmente ocorre destruição substancial dos dentes. A cárie causada por líquidos doces, como sucos, leite ou refrigerantes, apresenta o mesmo padrão de distribuição.

Refluxo em maiores de 2 anos

A doença é praticamente a mesma. O que muda são somente os sintomas, de regurgitação para dor no estômago ou no meio do peito. O diagnóstico é clínico, ou seja, não é necessário a realização de exames nos casos iniciais. O tratamento também é feito com o omeprazol.

A principal causa de DRGE associado ou não à Gastrite é uma alimentação de má qualidade com muitos alimentos industrializados, como: refrigerantes, bolachas, salgadinhos, lanches; períodos prolongados de jejum – maiores de 4/6 horas – e exageros alimentares eventuais, como: Páscoa e aniversários.

Tanto o RGE como o DRGE são geralmente benignos e autolimitados sem gerar qualquer sequela a curto ou a longo prazo. Exceto os pais e bebês que ficarem com cheiro azedo com frequência.

Espero ter ajudado e deixem seus comentários com dúvidas ou sugestões. Respondo assim que puder!!

Dr. Christian Helfstein

Médico Pediatra – CRM/SP 119.947

Limeira – São Paulo

banner novo - telemedicina

Artigos Relacionados

hiccupsOrelha

102 comentários sobre “Refluxo Gastroesofágico

  1. Bom dia
    Não acho que seja dor.
    Alguns bebês que mamam exclusivamente ao seio podem evoluir com esse tipo de probleminha.
    Eles não fazem uma boa transição da dieta líquida para a dieta sólida, preferindo alimentos líquidos e rejeitando os sólidos. Ele tem ânsia simplesmente porque não quer comer, prefere mandar ou beber.
    Provavelmente você ainda tem uma quantidade grande de leite e ele não vê motivos pra comer se não tem fome.
    Sua descrição demonstra que você ficou excessivamente no seio materno e esqueceu que ele cresceu e não precisa ou depende de seu seio ou de você exclusivamente.
    Relaxa, reduz o leite e deixe ele tentar comer sozinho.
    Abraços

    Curtir

  2. Boa tarde Doutor. Como consigo passar em consulta?Minha bb mama 40 a 50 minutos sem parar, depois que mama sente incômodo, como tivesse o ácido voltando, as vezes chora e se inclina pra traz…mama de 3 e 3 horaz…eu estou fazendo medidas posturais pra refluxo, ela praticamente não golfa, mas tem sentindo esses incômodos. Passei ela na pediatra e foi prescrito omaeprazol, estou dando há 2 dias mas ela ficou piou. Sei que o remédio tem afeito colateral..Ela tem 29 dias de vida.A médica falou que ela tem refluxo e é perigoso essa queimação que ela sente e pode até causar cancer no futuro. Mas e o medicamento? Estou perdida

    Curtir

  3. Boa Noite! Meu neném tem 12 meses,apresebra muira ânsia de vômito durante as papas. Algumas vezes vomita a papa. Não consegue engolir nada que não seja batido no liquidificador,pois comira no mesmo instante. Há 12 meses cortei tudo da minha alumentação proveniente de vaca. Cortei trigo e soja. Mas meu filho chora muito,dorme pouco,e tem o sono inquieto e SEMPRE tem ânsia de vomito durante as papas. Golfou muito,tanto em volume ,quanto em frequência,enquanto mamava exclusivamente no peito. Nunca dei a ele outro leite,apenas materno. Continuo amamentando. Sofro muito,pois meu filho,parece ter dor,especialmente no monento das papas. O que o dr. acha que meu filho tem?

    Curtir

  4. Bom dia
    A domperidona pode causar esse tipo de sintoma mesmo e não é mais utilizada de rotina no tratar do refluxo
    O omeprazol é o melhor tratamento mas como não tem uma apresentação em líquidos a custo razoável a ranitidina passa a ser uma boa opção.
    A domperidona não pode ser substituída pelo omeprazol pois são classes diferentes de medicações.
    A introdução da dieta é exatamente igual a criança aca sem refluxo, sem nenhuma restrição.
    Abraços

    Curtir

  5. Boa noite. Minha filha tem 01 mês e 3 semanas. Há 3 dias iniciei o tratamento com label, domperidona e mylanta. Nos primeiro dia ela ficou bastante agitada, no segundo dia dormiu a noite e o dia praticamente todo e o terceiro foi meio termo, dormiu e ficou agitada. Irei suspender o domperidona, achei q ela vomitou muito depois dele. O uso mylanta todo dia é necessário ou posso usar somente em caso de dor?

    Curtir

  6. Mamães que o filho tem refluxo, após começar tratamento com a ranitidina e domperidona vocês perceberam uma irritabilidade maior? O bebê de vocês tem mais cólica, tem o sono mais agitado ?
    Meu bebê mesmo com refluxo antes do tratamento tinha uma rotina e depois que iniciei tratamento com esses remedios percebi essas mudanças, inclusive ele tem mamado mais ml x curto tempo entre uma mamada e outra, mais isso acontece pelo fato que o refluxo causa azia, dores e ao mamar ele sente alivio nos sintomas do refluxo.
    Outra duvida, quando liberam introdução alimentar? E o que fica restringido?
    Posso trocar domperidona por omeprazol? É ele o causador das irritabilidade?

    Curtir

  7. Bom dia
    Nessa idade sempre investigamos outras causas já que o refluxo não é a causa mais comum de regurgitações. Ela precisa de uma avaliação médica antes da introdução de qualquer medicação.
    A causa mais comum é o excesso de leite.

    Se quiser respostas mais rápidas, experimente o serviço de consultoria descrito no pediatriavirtual.com/telemedicina/ … o investimento é menor do que você imagina

    Abraços

    Curtir

  8. Bom dia
    Hoje o tratamento padrão contra refluxo é o omeprazol e em alguns casos a ranitidina, que é mais fraca e não reduz o risco de eventos com risco de vida. A dosagem e a prescrição deve ser feita pelo seu médico pediatra. Prematuros tem mais chance de apresentar refluxo.
    Existe a possibilidade, se ele não estiver ao mamando ao seio, de utilizar formulas com espessantes como o Aptamil AR, melhora importante da regurgitação.

    Se quiser respostas mais rápidas, experimente o serviço de consultoria descrito no pediatriavirtual.com/telemedicina/ … o investimento é bem menor do que você imagina.

    Abraços

    Curtir

  9. oi boa tarde!ja havia conversando com vc em outros comentarios sobre minha sobrinha de 1 ano e 3 meses a questao que achamos que ela tem o refluxo por ela vomitar quando mama leite normais sem ser o nan ar.sera que ela pode voltar a tomar o motilium e losec 10 mg

    Curtir

  10. Boa noite! Meu bb nasceu prematuro de e1 semanas pesando 1435kg e tem refluxo. Dai eu estou dando p ele Motilium mas bao esta resolvendo.muito pois ele regurgita muuuuuito e golfadas q ja estou apavorada hj me falaram do omeprazol p dar junto com o motilium mas eu n sei a quantidade q posso dividir uma capsula. ele esta pesando 3.200kg

    Curtir

  11. Bom dia
    Baixo peso para essa idade seriam menos de 7.5 quilos e isso ainda vai depender da altura dela.
    Esse tipo de caso precisa de uma avaliação mais aprofundada e eu acho que o pediatra está perdido pois já tratou alergia a proteína do leite, refluxo, suplementos … Talvez o problema não seja sua filha e sim o pediatra.
    Abraços

    Curtir

  12. Bom dia
    Nessa idade eles tem uma grande redução na fome e pode ser apenas isso.
    Tem que verbo ganho de peso pois nessa idade o exame estar alterado nada significa se não tive alterações de peso.
    Dá uma olhada no pediatriavirtual.com/fome/
    Acho que nenhum remédio deve funcionar pq ela não deve ter refluxo pois é raríssimo nessa idade.
    Abraços

    Curtir

  13. oi boa tarde!tenho uma sobrinha de 1 ano e 3 meses e desde 1 mes e 15 dias e um sacrificio pra ela mamar por causa do refluxo ela ja fez varios exames e nao deu nada alem do refluxo ela ja fez tratamento com o neocate por 5 meses ai fica um tempo bem e de repente volta tudo ela fica ate 6 horas sem mamar e alimentar tudo que oferece ela nao quer a ´pouco tempo ela foi levada ao pediatra fez todos os exames que ele pediu nao deu nada apenas o refluxo ai ele receitou o label e o motilium mais ta do mesmo jeito ela fazia uso do losec mups mais o medico trocou por esses outros dois.entao tenho a duvida se o label e o motilium ta fazendo efeito e ela ta nascendo os dentes ai fico na duvida se e os remedios nao faz efeito ou se pode ser os dentes pois com o losec ela alimentava bem.oobrigada!

    Curtir

  14. Bom dia
    Nessa idade os sintomas de pigarro normalmente ocorrem por quadros alérgicos e não por refluxo.
    As fezes duras não devem ser relacionadas a domperidona mas tente estimular a ingesta de água frutas e legumes.
    Pode usar alguma meduca descrita no pvpediatriavirtual.com/constipacao/
    Abraços

    Curtir

  15. Se quiser respostas mais rápidas, o Pediatria Virtual disponibiliza um serviço de telemedicina com as mensagens sendo respondidas em no máximo algumas horas. Acesse pediatriavirtual.com/telemedicina/ para saber mais … Preços variando de 10 a 40 reais dependendo do período contratado.

    Abraços
    Dr Christian Helfstein

    Curtir

  16. Bom dia
    O refluxo gastroesofágico é raro nessa idade e geralmente está relacionado a uma dieta ruim, Intolerância alimentar como a lactose e raramente defeitos anatômicos.
    O objetivo da endoscopia é confirmar o diagnóstico após a falava no tratamento de 4 semanas.
    Na idade dela o omeprazol é mais indicado do que a ranitidina por sua maior potência e eficácia.
    Faça um teste retirando todo os produtos com alto tear de lactose como leite, derivados, iogurtes, queijos e afins por 7 dias.
    Verifique também se já foi realizado tratamento para verme pois pode imitar uma gastrite, se não foi, leia mais no pediatriavirtual.com/verme/
    Além da endoscopia, existem outros exames mas nenhum é tão bom quanto ela.
    Faça a avaliação do verme, leite e omeprazol antes de realizar a endoscopia.
    Abraços

    Curtir

  17. Olá Dr. Boa tarde
    Meu filho está com 2 anos e 9 meses e descobri agora que tem refluxo oculto, começou com uma tosse durante 10 dias todos os dias 4 da manha, depois passou a ser sempre ao acordar, essa tosse passou mas começou tipo um pigarro sempre na hora que está comendo. Fez uma cintilografia e constou refluxo e que vai até a garganta. A médica passou domperidona, está tomando a 3 dias, porém ele está bem irritado e o coco mudou a cor e está super seco, ele não reclamou com dificuldade de fazer coco não, mas tá seco. O que posso fazer ?

    Curtir

  18. boa noite doutor,minha filha tem 9 anos, pesa 25 kilos, esta com refluxo, sente muita queimacao e dor no meio do peito,ela esta tomando label e domperix, mais nao estou vendo resultado,pois tem hora que ela chega a cuspir o vomito mesmo, ja mudei um pouco a dieta dela, mais ainda nao consegui consuta com a nutricionista, e tenho medo de fazer a endoscopia, nao sei se pode ser intolerancia a lactose, mais ela sempre tomou leite e nunca passou mal, estou muito insegura,posso trocar o remedio dela pelo losec ou o omeprazol infantil?? tem algum exame especifico que eu possa fazer??? espero ansiosamente a resposta,desde ja obrigada

    Curtir

  19. Bom dia
    Pode ter intolerância a lactose em qualquer idade mas é raro a ocorrência de sintomas em menores de 4 meses, sendo o principal a manutenção de cólicas de forte intensidade após os 4 meses. Geralmente o componente genético é importante com diferentes pessoas na família com esse distúrbio.
    O leite materno contém lactose, mas ele apresenta fatores indutores da flora intestinal que levam a uma melhor digestão dessa lactose em relação as fórmulas. Não restringimos o leite materno e a mãe também não precisa fazer nenhuma dieta especial.
    Dê uma lida no pediatriavirtual.com/intolerancia-lactose/

    Numa próxima oportunidade, se preferir uma resposta mais rápida, ou seja, no máximo em algumas horas, você pode contratar o serviço de telemedicina com valores variando de 10 e 40 reais, dependendo do período contratado. Respondo via Email ou Facebook/Messager … saiba mais clicando no https://pediatriavirtual.com/telemedicina/

    Abraços

    Curtir

  20. Olá Dr, tenho mais uma dúvida, meu filho vai fazer cinco meses, essa idade o bebê pode ter intolerância a lactose? E se tiver, tenho que tirar o peito dele, ou consumir produtos sem lactose funciona?

    Curtir

  21. Bom dia
    O refluxo gastroesofágico em maiores de 6 meses é raro. O fato do exame demonstrar que tem episódios de refluxo não significa que esse refluxo é a causa do mal estar.
    Normalmente esses quadros ocorrem em crianças cuja transição para a dieta sólida não foi adequada ou seja, ainda tomam muito leite. Tente limitar a 500 ou 600 ml de leite ao dia, eu gosto de usar o Aptamil AR se ativar na mamadeira e realize uma pHmetria ou impedanciometria confirmar a ocorrência de refluxo e se é por doença ou não.
    Se puder retornar e nos contar o final da história, eu ficaria muito agradecido
    Abraços

    Curtir

  22. Boa noite, meu filho tem 1 ano e 1 mês e foi diagnosticado com refluxo oculto (7 episódios de retorno em 3 minutos) desde os 7 meses. Desde lá passou a tomar label que não demonstrou nenhuma melhora, depois passou a tomar losec mups, e depois omeprazol manipulado (xarope) 10mg/5ml, toma 5 ml por dia. No início do tratamento com omeprazol começou a apresentar melhorias, agora com 1 ano e 1 mês voltou a gemer a noite inteira, não dorme mais de 1h seguida, sempre acorda como se fosse vomitar (enguiando) e se contorcendo e chorando muito. Não sei mais o que fazer, já que o gastro informou que o omeprazol é a medicação mais avançada. Existe algum outro medicamento que alivie este incomodo de queimor? Qual exame posso fazer para investigar mais esse caso?

    Curtir

  23. Bom dia
    Provavelmente isso não é refluxo mas apenas excesso alimentar durante o dia. Ou seja, mama muito durante o dia e vomita, à noite as mamadas são mais espaçadas e o vômito não ocorre.
    A medicação faz efeito por 12 hs e portanto protege durante o dia mas como tem efeito cumulativo, a cada dose que você pula a eficácia reduz para a próxima dose.
    Experimente fracionar melhor a dieta e manter as mamadas diurna mais espaçadas.
    Abraços

    Curtir

  24. Bom dia
    Como disse no texto, primeiramente precisamos saber se ela realmente tem refluxo ou simplesmente é uma criança que mama muito e regurgita.
    Ela ganha peso normal, tem bom humor, dorme bem?
    Teoricamente, o losec é realmente a melhor medicação e a ausência de melhora geralmente indica diagnóstico errado.
    Eu manteria a ranitidina por enquanto e reavaliaria o quadro geral.
    Abraços

    Curtir

  25. Dr. , muito bom o artigo. Minha bebe estava tomando losec mups todos os dias, meio comprimido. Não resolveu. Trocamos hoje pelo label. Será que devemos insistir no losec ? Ela tem 50 dias. Tomou losec por uns 20. Meio comprimido de 10mg .

    Curtir

  26. Bom dia
    Apenas os casos mais graves de refluxo necessitam de tratamento com gastropediatra, o restante dos casos podem ser acompanhados pelo pediatra tranquilamente.
    Dê uma lida no pediatriavirtual.com/choro-bebe/ pois existem outras causas de irritabilidade nessa idade sendo a principal a cólica do lactente e depois crianças pouco adaptadas a vida fora da barriga.
    Pede uma avaliação para o pediatra de seu bebê.
    Abraços

    Curtir

  27. Bom dia dr
    Estou dando Label para o meu bebê faz 10 dias e nao vi nenhuma melhora… ele continua muito irritado, faz ansia e joga a cabeça prq tras, quando esta dormindo fica se debatendo inquieto como se algo estivesse encomodando, briga com a teta, mamando as vezes tosse tbm, vomita, qdo está acordado fica uns minutinhos bem e já comeca chorar, e ele estava com ganho normal de peso.
    Eu nao consegui consulta com gastro na minha cidade pois so tem um médico nessa área.
    Minha duvida é, posso começar a dar Losec Mups 10mg pra ele? Ele tem 36 dias de vida, sej que esse remédio é top.
    Aguardo…muito obrigada

    Curtir

  28. Bom dia
    Seu bebê tem o clássico refluxo do bebê guloso. Basicamente ele mama demais e acaba passando mal por causa disso.
    O ganho usual de peso é de 750 gramas ao mês, ele ganho simplesmente o dobro.
    Ele quer colocar 400 ml em um copo com apenas 200 ml de capacidade … Rsrsrs
    Teoricamente não precisa de qualquer tratamento, apenas reduzir a quantidade de leite oferecido.
    De qualquer maneira, o auge desse refluxo é com 4 meses, portanto em pouco tempo ele começa a melhorar.
    Abraços

    Curtir

  29. Boa tarde Dr. Vamos ver se pode me ajudar, meu bebê tem 3 meses e desde que tinha 20 dias ele toma label ( eu tento dar porque a maioria das vezes ele põe fora, fica fazendo ânsia), e mesmo assim está vomitando, tem dias que ele não vomita nada, as vezes três dias sem vomitar, mas aí quando penso que tudo acabou vem os vômitos, ele tá ganhando peso 1.500k por mês, será que ele tem mesmo refluxo?
    Eu me preocupo com os choros que ele tem dormindo, aí quando pego ele, sempre vem um arroto. Não sei se faz parte do refluxo

    Curtir

  30. Bom dia! Na caixa do losec mups 10mg diz que eh uso adulto e pediátrico acima de um ano. Mesmo assim ele foi receitado pela pediatra da minha filha após motilium e label darem diarreia nela. Posso usar?
    Ela tem APLV e estamos suspeitando de alguma outra alergia pois não conseguimos estabilizar

    Curtir

  31. Bom dia
    Ela já passou teoricamente da fase da cólica portanto é indicado o início da investigação do porque desse quadros nela.
    Bem, o mais provável é uma Alergia a Proteína do Leite de Vaca e o tratamento é com leites especiais como o Aptamil Pepti.
    A melhora ocorre em até 15 dias após a troca do leite.
    O auge do refluxo geralmente é com 4 meses.
    Boa sorte e melhoras

    Curtir

  32. Bom dia doutor. Preciso de ajuda urgente. Minha netinha tem apenas 3 meses de vida e chora muito, por causa das cólicas e vomita de mais. Tem que ficar o tempo todo no colo, já foi parar no hospital por conta de se afogar com o próprio leite. Não podemos deixar ela sozinha pois temos medo dela vomitar e não estar perto. Esta esta tomando o Aptamil, mas o coco dela é mole, tipo liquido com alguns pedacinhos que parece leite tipo ricota e o aptamil de soja ressecou a coitadinha. Na minha experiência como mãe, acho que o coco dela deveria ser meio pastoso já. Por isso estou achando que o leite ta dando diarréia nela. Mas a coitadinha toma tantos remédios pra refluxo e colicas que não dá pra saber. Será que ela tem alergia a lactose ou proteina do leite. Me falaram do leite de cabra, mas é difícil de achar pra comprar. Pode ser mesmo a lactose, que pode estar dando diarréia, cólicas e vomitos?

    Curtir

  33. Bom dia
    Pelos sintomas e testes realizados por você o diagnóstico de refluxo gastroesofágico é o mais provável e devido a prematuridade, a melhora ocorre após os 6 meses de idade.
    O tratamento é o ideal com leite espessado e omeprazol.
    Tenha paciência que tudo vai melhorar com o tempo.
    Abraços

    Curtir

  34. Bom dia , Minha bebe estava tomando Label e Domperidona por conta do leite que volta, mas tambem estavamos achando que tinha alergia ao leite e intolerancia lacotose , mas isso esta me gerando duvidas, ate o leite materno nao fica estomago, fiz teste com aptamil pepti e continuou do mesmo jeito , uso aptmail AR eo leite nao volta , ai fiz outro teste com Neocate e esse mesmo continuava a sair pela boca dela mesmo 3 horas apos ter mamado em pequenas quantidades tipo babando o tempo todo de molhar a roupa pois fica voltando , ai voltei para aptamil AR e nada acontece, iniciei o losec mups 1/2 ha 2 dias pela manha e cortei o label e deixei o domperidona , qual sua opnião a respeito sera que o problema dela e so refluxo? ela esta 4 meses e ela e prematura 32 semanas , mama somente na mamadeira 120ml de 3/3 horas e as vezes 4/4 e dorme a noite toda .

    Curtir

  35. Bom dia
    O refluxo oculto ou refluxo sem sintoma e diagnosticado apenas por exames não é indicativo de tratamento.
    Levando em conta que ela tenha algum sintoma, o tratamento com losec é o ideal mas pode ser usado qualquer omeprazol, abrindo a cápsula, principalmente em casos graves.
    Casos leves podem ser tratados com label ou ranitidina.
    Abraços

    Curtir

  36. Boa noite! Muito esclarecedor esse texto, parabéns doutor! Minha filha tem 1 ano e 4 meses, e há 5 meses através de um ultrassom o médico disse que ela tem refluxo grau 3 severo, a gastro passou losec e digesan…usei 3 meses o Losec, mas por ser um pouco caro e não ter conseguido comprar nos últimos 2 meses tenho usado o label e o digesan…Poderia me dá sua opinião dr.? Volto pro Losec ou continuo no label? Obrigada.

    Curtir

  37. Bom dia
    Esse tratamento é para APLV e se esse é o objetivo, o tratamento está correto.
    Em relação ao ganho de peso, ela está ganhando quase um quilo ao mês sendo o normal para a idade de 600 gramas ao mês
    Ela é pequena, tamanho médio de 62 cm mas o peso é de quase 5 meses
    As vezes acho difícil ajudar dessa maneira mas eu ainda estou inclinado a achar que existe um componente de gulodice.
    Abraços

    Curtir

  38. Bom dia , não cvomita por mamar muito , ela nem consegue mamar direito pq é so o tempo do leite chegar no estomago e voltar, eu nao tenho muita produção e com isso nao estou mais amamentando no seio materno, pq tava voltando tao forte que tava entrando pelo nariz e quase sufocando ela e fiquei desesperada . Em um mês e meio ela engordou 4500 para 5850 kg esta com 60 cm e 3 m e 25 dias acho que ela ta no peso e a mamadeira aptamil AR faço 120 ml . Vou dar entrada no Cre metropolitano para ganhar o leie para ela e foi prescrito • F2 – Fórmula semi elementar infantil, a base de proteína hidrolisada do soro de leite isenta de sacarose, lactose e glutén. Adequado para crianças de 0 a 12 meses , vc acha que esse ta certo?

    Curtir

  39. Bom dia Dr
    Então ela nao regurgita mais , isso se deu so no primeiro mes antes do uso do label , agora o leite volta todo quando ela amamenta no seio materno , ela mau engole e volta tudo de vez , por isso que acho que é APLV, Pregomin tambem serve ?

    Curtir

  40. Bom dia
    Hoje em dia podemos transicionar para o omeprazol a partir do momento que eles aceitam comprimido e alias existem estudos que demonstram que mesmo abrindo a capsula e misturando o conteudo em algum liquido, o omeprazol ainda é eficaz.
    Abraços e obrigado por compartilhar sua historia

    Curtir

  41. Bom dia
    Raramente a APLV tem como principal sintoma a regurgitação, principalmente ao seio.
    Ela deve apresentar apenas refluxo mesmo que necessita de tratamento com AR + medicamentos.
    A boa noticia é que raramente os bebês mantem refluxo importante após os seis meses de vida
    Abraços

    Curtir

  42. Bom dia,
    Excelente texto, muito esclarecedor, obrigada por compartilhar!!
    Minha filha tem 5 anos e sempre tomou a medicação para refluxo, desde os primeiro mes de vida. Tem uma alimentação rigorosa e equilibrada. Ja toma o losec mups de 20mg faz algum tempo, porem ela já consegue engolir o comprimido inteiro, tem algum problema trocar pelo omeprazol em cápsulas??
    Qdo ela iniciou o losec o Dr. disse q era pq ela não engolia inteiro e este dissolve bem.
    *** suas queixas são: dores abdominais, dor de garganta ao acordar, soluço e regugitacao várias vezes ao dia. ***
    Agradeço por sua orientação.

    Curtir

  43. ola bom dia Dr , como tinha falado da regurgitação, deu uma melhorada tomando apatmil AR e uso label e dopemridona , porem quando amamento ela no peito o leite volta tudo quase na mesma hora nao para no intestino , entao acho que ela esta com APLV , tentei o leite APTAMIL PEPTI e tambem volta o unico que segura é o AR + em associação aos medicamentos , esse AR é proprio para quem tem APLV ou tem que ser o NEOCATE ?

    Curtir

  44. Perfeito.
    A solução para você é o losec mups mesmo e as vezes fazer um teste com a bromoprida de gotas aumentando a dose progressivamente reduzindo o risco de não aceitação.
    Eu que agradeço por compartilhar as suas experiências e ajudar a todos, eu e meus leitores, a aumentar os nossos conhecimentos.
    Se lembrar, volte e nos conte como foi a reação de seu bebê.
    Abraços e tenha paciência pois o refluxo melhora praticamente sozinho entre 4 e 6 meses

    Curtir

  45. Boa noite!
    Quando ela dorme no colo tem que ser totalmente em pé, se a gente inclina um pouco contra o nosso corpo, ou se colocamos ela sentada, parece que pressiona o estômago e ela começa a ficar incomodada, então temos que deixá-la totalmente em pé, sem pressionar sua barriga.
    Ela toma 5 gotas de colikids por dia e quando está com cólicas fazemos bolsa de água quente, massagens na barriga, luftal e ontem fiz até o paracetamol.
    Mas mesmo assim ela fica incomodada, o leite fica voltando, as vezes ela engasga e tem muito soluço.
    Queria te parabenizar por essa interação, pois ajuda as mães desesperadas, como eu, a ter um esclarecimento maior, visto que alguns pediatras não nos explicam nada e não se importam com as nossas preocupações e queixas, desde que o bebê esteja ganhando peso e aparentemente não tenha nada de errado, não se importam se o bebê está sentindo dores, incomodado, sem conseguir dormir direito.
    Obrigada

    Curtir

  46. Boa noite.
    Aparentemente ela está apresentando refluxo com esofagite mas o ganho de peso excelente e a ausência de qualquer melhora com a ranitidina acaba falando um pouco contra esse diagnóstico.
    As opções são olosec mups que é mais eficaz que a ranitidina para refluxo e principalmente esofagite.
    A acidez do estômagos não altera o tempo de esvaziamento gástrico portanto não é a causa.
    Quando ela está no colo, ela fica de bruços?
    Algumas crianças têm cólicas atípicas é só melhoram usando colocadas de bruços e preferencialmente com a barriga quentinha em contato com os pais.
    Ela faz uso de colikids ou outra medicação para cólica?
    No aguardo
    Abraços

    Curtir

  47. Minha bebê está com 1 mês e já na maternidade observei q ela apresentava uma irritabilidade após as mamadas, mesmo depois de 30 minutos em pé no colo, como se o leite estivesse voltando, mas nem sempre chegava a sair, começamos com a ranitidina, que não adiantou em nada, mesmo em pé no colo após as mamadas ouvimos o leite voltar e ela acorda chorando, foi iniciado o motilium, mas ela teve reação, então a gastro suspendeu. Estamos usando o label há mais de 20 dias e ela só consegue dormir em pé no colo, fico as vezes por 2 horas com ela em pé no colo, e quando vou “deita-la”, pois ela dorme no carrinho bem inclinado, ela ainda se sente desconfortável e ouvimos o leite voltando e ela acorda chorando. Será que o label, por diminuir a acidez, está dificultando o esvaziamento gástrico? As vezes quando ela está muito incomodada ela faz uso do Mylanta plus também, mas é raro eu administrar. Ela está com ganho de peso ótimo, em aleitamento materno e eu estou em dieta de leite de vaca, pois minha filha mais velha teve aplv e teve que usar neocate. Não sei mais o que fazer, estou há 32 dias praticamente sem deitar na cama, passo o dia e a noite sentada na poltrona com ela em pé no meu colo.

    Curtir

  48. Bom dia
    Alem da APLV – Alergia a proteina do leite de vaca (aos que não sabem), ela deve apresentar intolerancia a lactose pois os arrotos não são caracteristicos de APLV, mas sim de má digestão de algum alimento levando a fermentação.
    Tente reduzir o conteudo total de leite e derivados, trocando também por produtos sem lactose.
    Dá uma lida no pediatriavirtual.com/intolerancia-lactose/
    abraços e obrigado

    Curtir

  49. Dr bom dia!
    Parabéns pelo texto e pelo retorno aos leitores.
    Se possível quero saber o que você pensa sobre minha filha. Ela tem 17 meses, toma label e domperidona desde 5 meses. Os sintomas do refluxo começaram com as regurgitaçoes, irritação, arrotos e soluços. Logo após o uso da medicação cessou os dois primeiros sintomas. O soluço diminui um pouco, mas os arrotos nunca deram trégua, ela acorda muitas vezes incomodada e arrrota. Durante a introdução alimentar descobrimos a Aplv, fizemos a dieta de exclusão eu e ela,eu ainda amamento. Voltamos a introdução de leite e derivados há 3 meses. Nenhuma reação gastrointestinal mais, que era o sintoma da Aplv, mas o arrotos aumentaram muito, o sono ainda mais agitado. Estamos com label e domperidona ainda. Qual sua opinião sobre estes arrotos?

    Curtir

  50. Bom dia
    Você não precisa retirar seu bebê do seio, principalmente por ela ser prematura.
    As medicações fazem efeito apenas depois de 2 a 4 semanas.
    A melhor maneira de amamentar é sempre em complementação ou seja, dê o seio e depois complete com o Aptamil AR, assim a goma que reduz a regurgitação também agirá no seu leite materno.
    Tenha paciência que tudo vai melhorar.
    Abraços

    Curtir

  51. Bom dia, minha bebe nasceu prematura 32 semanas e hoje esta com 2 meses 15 dias com 4,500kg , esta em tratamento com Label e domperidona ha 1 semana e leite aptamail AR , notei que no inicio ela regutitava muito e nao voltava leite , agora nao esta mais regutitando e esta voltando muito leite somente quando ela mama no peito , o leite AR mamado na mamadeira é bem tolerado e nao volta, ja não sei mais o que faço, estou ate pensando em retirar o peito pois ele que esta fazendo ela vomitar .

    Curtir

  52. Meu bebê tem sintomas de refluxo, porém acredito q a dor gerada por esofagite não seja o mais importante…ela se contorce, fica vermelha após as mamadas, mas o que mais chama atenção eh a tosse, soluço e algo que parece ser um pigarro…acha que o losec ajudaria a minimizar os demais sintomas?

    Curtir

  53. Bom dia
    O losec mups ou qualquer omeprazol mesmo de cápsulas é a melhor medicação para refluxo no bebê e sua principal indicação é no caso de risco de morte por refluxo.
    Eu normalmente trato com ranitidina xarope ou gotas e tenho bons resultados.
    Pelo mecanismo de efeito da ranitidina e do omeprazol não existe o risco de taquifilaxia.
    A melhora média do refluxo é entre 2 a 4 semanas mas em casos mais graves de esofagite, a melhora pode ocorrer em 8 semanas.
    Só precisa ter certeza do diagnóstico de refluxo, pois existe um exagero no número de diagnósticos.
    Abraços

    Curtir

  54. Dr. Crhistian o losec mups pode ser usado em bebês de dois meses de idade? Eh seguro? Uso ranitidina, porém eh difícil administrar a dose correta, a bb sempre consegue por uma parte pra fora da boca e já uso a mais de 6 semanas ( existe mesmo o risco de taquifilaxia?)

    Curtir

  55. Bom dia
    A ocorrência de refluxo nessa idade é rara e geralmente a causa é o excesso de liquidos como leite. Devemos restringir o leite a 500 ml ao dia.
    Quadros associados com sufocamento devem ser tratados sempre com medicações.
    O peso de seu filho é normal o que sugere excesso alimentar.
    Dá uma lida no texto para saber o tratamento usual
    Abraços

    Curtir

  56. Bom dia meu filho tem 1 ano e sofremos muito com o refluxo ele regugita muito e se engasga tbm a ponto de sufocar,com 1 ano ele estar pesando 10kg

    Curtir

  57. Boa noite Sara
    Geralmente a cor verde ou acinzentada das fezes são relacionadas a crise de dentes.
    Dá uma lida no pediatriavirtual.com/dente/
    Isso é extremamente comum e usualmente utilizamos medicações analgésicas como dipirona, paracetamol e ibuprofeno.
    A crise é caracterizada por muitas fezes esverdeadas, salivação, irritabilidade e as vezes febre ou a cabeça fica muito quente.
    Não precisa levar no pronto socorro e nem enviar a foto a sua gastropediatra
    Abraços

    Curtir

  58. Boa noite Dr.Christian bebe não tinha feito coco agora mesmo fez coco com muita força e muita dor mais saiu pastoso mais mole de cor diferente verde escuro. Estou usando Losec a 1 semana e dando o pregomin a 3 dias .O que devo fazer ir ao pronto atendimento? È normal fezes com cor diferente tirei foto pra mandar pra gasto mas na foto esta com cor diferente da que realmente esta as fezes da minha bebe. Me ajuda o que devo fazer na cidade que eu moro não tem gastropediatra

    Curtir

  59. Bom dia
    Pode esperar sim.
    Alias ela está com cólica, os movimentos são de cólica com a elevação da perna e a gemencia.
    Não vai precisar de um pneumologista. Fique tranquila!
    Se puder compartilhar conosco o resultado após os 15 dias, vai ajudar muita gente.
    Abraços

    Curtir

  60. Dr.Christian acha que também devo procurar um especialista em problemas respiratórios?? Qual seria na pediatria???Ou devo esperar esses 15 dias pra ver como minha filha ira responder na retirada da proteína do leite usando Pregomin ?

    Curtir

  61. Bom dia
    A sua explicação agora foi mais específica e realmente é apenas cólica.
    O losec é um antiácido potente que pode alterar a digestão em algumas pessoas e por isso eles fermentam levando a gases e cólica.
    Você deve ver melhoras em 15 dias se o diagnóstico stiver correto.
    Abraços

    Curtir

  62. Dr.Christian minha bebe não esta comendo ainda por não descobrir o que esta causando as cólicas com 4 meses comecei a dar frutas as cólicas aumentaram ai paramos. Mas birra e insônia não é. Fecha os olhos caindo de sono dormindo e não consegue dormir e chora. Minha filha não e de chorar começou depois do LOSEC ela so contorcia ,remexia a noite toda com sono agitadíssimo mas não chorava. Acho então pelo que você explicou posso tirar o LOSEC porque o caso da minha filha não e esofagite de refluxo então tirando o LOSEC não atrapalhara na eficácia do tratamento. Ate porque minha menina tem peso normal com 6 meses pesa 7,740. Mudando só o leite para o Pregomin vejo o resultado com 15 dias? Você acha que devo também procurar um outro especialista, pois vc disse que pode ser problema respiratório. Qual especialista no caso seria para tratar problemas respiratórios em bebe? Problema respiratório deixa o bebe estufar o peito e afundar a barriguinha ate nas costas muito tempo, e perninha levantada comprimindo o abdomem praticamente o tempo todo, remexendo sem parar, nervosa e chorona chega a suar a cabecinha toda quando da essas crises de tanta colicas? Isso ela não tinha desde que a gastro mandou dá o LOSEC que começou essas reações. Acho que cada criança tem sua reação ao medicamento e minha filha deu reação ao LOSEC. Devo parar de da?

    Curtir

  63. Bom dia Sarah
    O caso de sua filha é atípico, tanto no caso das cólicas como do suposto refluxo.
    Vou tentar explicar os sintomas usuais de cada uma das doenças.
    Na colica que geralmente melhora aos 4 meses, o bebê fique a com a barriga estufada e faz força ou geme. Ela ocorre principalmente entre 20 e 4 horas da manhã. Quadros prolongados são causados por Intolerância à Lactose ou alergia a Proteína do Leite de Vaca APLV.
    O refluxo da alteração no ganho de peso, irritabilidade pós mamadas e na maioria das vezes regurgitações. A maioria das crianças melhira, mesmo que parcialmente com o label, e mais ainda com o losec.
    A sua descrição da crise de choro não é muito característica de cólica, parece mais falta de ar do que cólica ou refluxo. Geralmente a falta de ar faz a barriga afundar. Isso pode ocorrer por uma mera obstrução nasal.
    Existem muitas causas para choro, depois lê o pediatriavirtual.com/choro-bebe/
    Eu acho mais provável que a causa seja Intolerância à Lactose ou alergia a Proteína do Leite de Vaca APLV e a melhora ocorre com 15 dias da troca do leite.
    Nesses casos, eu sempre peço aos pais para insistirem e aumentaram o conteúdo de comida e frutas assim a criança reduz a quantidade de leite, já que ele é o provável causador.
    Existe a possibilidade que seu bebê esteja irritado por outros motivos como insônia, birras e etc.
    Leia também o pediatriavirtual.com/sono/ e pediatriavirtual.com/birra/
    Abraços

    Curtir

  64. Dr.Christian
    Minha filha tem muitas cólicas desde o nascimento 16\11\16 já fez 6 meses e as cólicas pioraram. Deve um dia que chorou 2 horas sem para fui pro pronto atendimento disse que ela tem cólicas,nao dorme direito as dores não deixa ela dormir bem e o pediatra disse que ela tem refluxo e passou Label não adiantou nada isso foi dia 18\04\17 .Então a pediatra da minha filha pediu que eu procurasse uma gastropediatra então marquei para o dia 02\05 ela mandou eu continuar com Label mais uma semana não fez efeito , mudou para o LOSEC MUPS 10mg comecei no dia 13\05\17 domingo na segunda feira notei que as cólicas aumentaram então esperei mais 2 dias liguei pra gastropediatra e disse minha filha ao invés de melhorar esta piorando esta acordando 3 vezes a noite e ela acordava uma e chorando demais, estufando o peito e encolhendo a barriga ate o abdomem encontrar com as costas e as perninhas so encolhidas. A gastropediatra disse LOSEC não faz isso. Como as cólicas aumentaram ou melhor triplicou a ponto de hoje ela não dormir ate agora e ficar chorando como era bebe de 1 mês. Dai mudou o leite para o Pregomin Pepti comecei a da ontem dia 19\05\17 ate que ela aceitou bem. Pediu para continuar com o LOSEC como vi que com o uso desse medicamento as cólicas triplicaram to querendo parar e trocar só o leite pelo Pregomin ela me disse que da pra ve uma melhora com 15 dias . Dr.Christian se eu parar o Losec Mups atrapalha a eficácia do tratamento???To vendo a hora que se eu continuar com ele minha filha vai dá uma crise de cólica tão forte que vou pirar. Me ajuda não sei mais o que fazer.
    Sarah Souza Fernandes Sucasas
    Mãe de Maria Izabel Sousa Sucasas

    Curtir

  65. Boa noite.
    Perdão havia entendido que o label havia sido introduzido a menos tempo. Não tem esofagite então.
    Em relação aos leites é preciso testar a Intolerância à Lactose commlwites sem lactose, 2ue vc já testou, lembrando que demora 2 semanas para melhorar e não teve efeito, descartando essa possibilidade e a segunda opção é a Alergia a Proteína do Leite de Vaca cujas opções são o Aptamil Pepti, pregomin e neocate, e raras vezes o nan ou Aptamil soja.
    O nan, Aptamil e enfamil são feitos com leite de vaca e darão os mesmos sintomas.
    Abraços

    Curtir

  66. Boa tarde Dr. já testamos o Aptamil , o nan , Aptamil sem lactose , e agora enfamil!
    Ele já está tomando o label a quase um mês !

    Curtir

  67. Bom dia
    A primeira possibilidade é Intolerância à Lactose ou alergia a proteína do leite de vaca, mas não sei qual o leite que você oferece pois não escreveu.
    Os prematuros podem ter cólica mais prolongadas mas sempre melhora após os 4 meses mesmo nos casos em que não desaparece.
    O label demora até 15 dias para fazer efeito, por isso pode não ter melhorado ainda.
    Abraços

    Curtir

  68. Boa noite Dr. meu filho hoje está com 4 meses de idade cronológica (ele é prematuro de 31 semanas) saiu do hospital com 45 dias de vida , e depois de alguns dias em casa , começou com a crises de cólicas , começamos então com o colikids , Milicon! Nada adiantou , todos dizendo que com o tempo passaria! Mas não passou , ele se contorce , encolhe, fica vermelho e tudo mais , contudo ele chora muito para mamar (aparenta sentir muita dor ),com isso tem mamado pouquíssimo para a idade dele, ele não vomita, nem regugita! Está tomando label há uns dias e também não resolveu , parece que a cada dia que passa piora! O que o Sr acha que pode ser ? já não sei mais o que fazer!

    Curtir

  69. Boa noite
    Hoje em dia não existe mais esse conceito de que o refluxo causa ou piora a asma.
    Raras vezes as crianças após 1 ano de vida precisam de medicações para refluxo.
    Difícil falar especificamente do caso de sua filha, mas genericamente, q maioria das crianças pode ficar sem medicação.
    O uso de antiácidos por período prolongado pode levar a anemia perniciosa ou por deficiência de vitamina B12.
    Converse com a pediatra dela para reduzir a dose progressivamente e avaliar.
    Abraços

    Curtir

  70. Boa tarde. Dr minha filha tem DRGE e hernia de hiato .desde bebê, e ate hoje com quase 4 anos usa motilium e label. Só que ela também e alérgica a várias proteínas, alergia respiratorias( asma), Gostaria muito d retirar a medicação anti refluxo mas tenho medo de piorar a asma. Já que li que o refluxo causa asma também. me ajuda. Posso retirar o motilium?
    E o uso do label, anti ácido por tantos anos assim Não causa um doscontrole no organismo dela? Por diminuir a acidez estimação?

    Curtir

  71. Bom dia Milena
    Seu bebê já passou do auge da cólica que ocorre aos 45 dias e está apresentando irritabilidade continua, que não é uma característica das cólicas que por mais forte que seja, a dor de cólica é sempre episódica com períodos de melhora e piora.
    Provavelmente seu bebê está com esofagite de refluxo e sente dor devido ao retorno de ácido do estômago para o esôfago. A sensação que ele tem é de queimação.
    Existe tratamento para isso é após 7 a 10 dias a irritabilidade e dor melhoram.
    Dá uma lida na sessão de tratamento da página pediatriavirtual.com/refluxo/ que vai te ajudar bastante.
    Abraços

    Curtir

  72. Boa noite Dr Christian,

    Meu bebê tem 1 mes e 22 dias. Quando ele completou 15 dias os episódios de cólicas começaram e ele tinha crises de choro e quando soltava os gases passava. Há 15 dias ele começou chorar no final da mamada, brigar com o bico do peito e se contorcer. Ao ser colocado para arrotar fica irritado e se joga pra trás. Adicionado a isso, ele está extremamente irritado dutante o dia (chora o tempo todo) e o sono tb está bem agitado.

    Gostaria de saber a opinião do Dr se trata-se de cólica ainda ou seria refluxo?
    Muito obrigada!

    Curtir

  73. Boa tarde Juliana
    A ocorrência de gastrites por infecções é muito comum devido ao jejum prolongado ou uso de medicações.
    O tratamento é com ranitidina ou omeprazol por 2-4 semanas.
    Não realizamos exames para gastrite antes dos 30 anos de vida pelo baixo índice de complicações e câncer nessa faixa etária. Só realizamos se não houver melhora após 4 semanas.
    Sempre devemos lembrar que verminose, estrongiloidiase, e Intolerância alimentar, como à lactose, podem gerar sintomas também.
    Eu reduziria o leite ou utilizaria leite sem lactose e também usaria algum vermífugo como o albendazol.
    Abraços

    Curtir

  74. Boa tarde, minha filha tem 2 anos e 8 meses. Sempre que ela come ou bebe qualquer liquido fica horas com sensação de incômodo, dando pequenos arrotos, mas não chega a vomitar. Ela sente isso há cerca de 4 meses após ter adquirido uma virose gastrointestinal. Não tem perda de peso. O pediatra não quer fazer exames pois diz que judia da criança. Pediu para eu fazer um teste de 10 dias dando omeprazol 10mg. Tenho um pouco de medo de usar este medicamento. O que pode ser?

    Curtir

  75. Bom dia
    Hoje em dia, podemos utilizar qualquer omeprazol, desde que o grânulo não seja esmagado ou misturado ao leite.
    Provavelmente, você terá que estimar a dosagem já que a dosagem do omeprazol normal 20 mg é maior que a do omeprazol mups mais usado 10 mg.
    Abraços e aproveite esse dinheirinho para passear com a família
    Abraços

    Curtir

  76. Dr., qual a diferença entre o losec mups e o omeprazol? Minha filha usa o losec mups, mas é muito caro. Posso substituir pelo omeprazol? E muito obrigada pelo seu trabalho!

    Curtir

  77. Bom dia Renata
    O tratamento do refluxo demanda vários dias para começar a melhorar.
    A maioria das crianças acima de 6 meses com suspeita de refluxo necessitam realizar exames para a comprovação diagnóstica como pH metria ou a impedanciometria.
    Tenha paciência que a maioria dos casos melhora até 1 ano de idade, por isso eu acho que deve ser investigada outras causas para esse incômodo como intolerância à lactose, insônia por associação (só querer colo), constipação, dificuldade para respirar a noite, parassonias levando a despertares frequentes.
    Dá uma lida no https://pediatriavirtual.com/rotina/sono/dormir-noite-toda/ e no https://pediatriavirtual.com/rotina/sono/ que vão te ajudar na parte do Sono que aparente ser o pior dos problemas.
    Abraços e tenha paciência

    Curtir

  78. Olá, meu bebe tem 1 ano e 3 meses. Desde recém nascido tinha um sono super agitado, muita irritabilidade e dificuldade pra mamar no peito, mas regurgitava pouco ou nada. Com 2 meses mamava quase exclusivamente LA porque era colocar o peito pra ele e começava os choros sem fim. Os meses passaram, o sono piorou, acordava entre 5 e 10 vezes todas as noites. Dormia sonecas curtas e tudo isso já com rotina instituída. Aos 8 meses (tardiamente na minha opinião) a pediatra pediu para iniciar o domperidona (3x dia) e o label (2x dia) porque suspeitou de refluxo oculto. Ele melhorou mas ainda acordava pelo menos 2 x na madrugada e depois passou a acordar apenas 1 x, exceto quando adoecia que o sono piorava consideravelmente. Aos 14 meses a pediatra suspendeu o domperidona e ficamos apenas com o label, foi ai que tudo piorou. Como o passar dos dias ele foi piorando e ainda pegou uma virose nesse período, o que contribuiu para as noites sem fim. A virose curou e ele voltou a acordar 5 a 10 x na madrugada. Voltamos a dar o domperidona e nos dois dias que demos, parece que ele teve uma reação oposta da primeira vez e ficou extremamente irritado, nervoso, sono mais perturbado ainda, agitado ao extremo. Paramos novamente o domperidona e a pediatra suspendeu o label e nos deu apenas o omeprazol 10mg. Ele está no tratamento ha três dias e sem nenhuma melhora aparente. Acordando muito à noite, sonecas de apenas 30 minutos no máximo, continua irritado e começou um hábito que nunca teve, só quer dormir no colo, não aceita o berço mais (coisa que era o contrário, ele só dormia no berço). Já pesquisei muito sobre o assunto em busca de uma solução para o meu filho. Gostaria muito de uma luz para o que pode ser o caso dele.

    Curtir

  79. Boa noite
    O tempo médio de esvaziamento gástrico para o leite é de pouco mais de 3 horas, não podemos comparar a velocidade de esvaziamento gástrico do Leite, com sua gordura, e da água.
    Infelizmente, não existe um exame melhor do que a impedanciometria para a detecção de refluxo, mas é incômodo e normalmente desnecessário.
    Fique tranquila
    Abraços

    Curtir

  80. Boa noite
    Esse exame foi realizado em que idade? Pois no exame das crianças é utilizado leite e não água.
    Independente das falta de outras informações, esvaziamento gástrico retardado não significa refluxo.
    São preciso mais dados para estabelecer esse diagnóstico.
    Abraços

    Curtir

  81. Olá! No exame apareceu “esvaziamento gástrico líquido com importante retardo. O T/2 de esvaziamento gástrico líquido foi de 161,20 minutos (normal <20 min para a água)."

    Curtir

  82. Bom dia
    A ocorrência de alterações leves na cintilografia não significa a existência de uma doença.
    A sua filha não deve apresentar nenhuma doença pois apresenta peso e altura normais (mínimo de 9 kg e 79 cm) e normalmente o Refluxo (a doença) causa falha no ganho de peso e altura.
    Eu, particularmente, deixaria apenas o ninho sem lactose, retiraria todos os medicamentos e observaria o ganho de peso e altura nos três meses subsequentes.
    Se tudo for normal, nada deve ser feito e ela deve viver normalmente.
    Abraços

    Curtir

  83. Olá! Minha menina tem 1 ano e 11 meses, pesa 9,750 e mede 80 cm. Fizemos um monte de exames e deu retardo do esvaziamento gástrico na cintilografia, mas não deu refluxo. Ela tem também intolerância à lactose. Ela está tomando Montilium e Label e bebe Ninho Sem Lactose. O que indica?

    Curtir

  84. Bom dia Tayla
    Para responder sua pergunta, eu precisarei saber o peso e comprimento de nascimento e com um ano de vida, além da altura atual.
    Também da altura dos pais.
    Posso dizer abaixo de 8,8 kg, um menino dessa idade está abaixo do peso, mas isso nem sempre significa desnutrido.
    Em relação à alergia, nessa idade o exame deveria ser positivo e além disso, o tratamento não é com leite de cabra hoje em dia.
    No aguardo

    Curtir

  85. Ola meu bebê tem 1 ano e sete meses, pesa 8.500kl esta abaixo do peso, fez varios exames e nao deu nada em nenhum graças a Deus
    Mas o medico insiste em falar q ele tem alergia ao leite, o unico exame q deu alteraçao foi o de refluxo, deu refluxo leve. Estou preocupada ele nao tem apetite para comida de sal só doce e o leite, ele mama leite de cabra, nao engorda de jeito nenhum, pedi ao pediatra que trocasse o leite ele nao quer pedi vitamina nao deu, por favor me passem um leite bom, ja que ele nao tem alergia ao leite quero dar um leite bom pra ele, por favor, me ajudem…..

    Curtir

  86. Bom dia Jacilene
    O auge do refluxo ocorre aos 4 meses, ou seja, exceto se seu bebê mamar exageradamente, ela deveria ficar mais calma.
    Sempre precisamos descartar outras causas de choro, dê uma olhada no http://www.pediatriavirtual.com/choro-bebe
    Se parece ser só refluxo mesmo, experimente deixar ela bem sentadinha, elevar a cabeceira do berço, e inclusive pensar em iniciar com as papas de frutas e de sal para reduzir a quantidade de líquidos que seu bebê mama.
    Lembrando que é bem mais fácil regurgitar líquidos do que sólidos e que ao introduzir os alimentos vice deve retirar as mamadas do horário.
    Abraços

    Curtir

  87. Me ajudou bastante o que eu li. Moro numa cidade em que não existe pediatra e me ajudou bastante saber tudo sobre o refluxo. Estou sendo mãe depois de 19 anos e já não sei mais de nada. Só me esclareça uma coisa eu fui operada e minha filha engoliu muita secreção e isso a agonia muito o que posso fazer para acabar com isso. Ela fica muito agoniada é mais a noite na hora de dormir ela vai fazer 05 meses.

    Curtir

Deixe um Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s